Treino: a higiene do seu cachorro

Fazer as necessidades no sítio indicado

Parabéns! Acabou de adoptar um cãozinho abandonado. Como viveu toda a sua vida na rua, ele não está treinado para a vida doméstica. Parece que o seu divertimento favorito é "regar" todos os cantos da casa despreocupadamente. Mas não desespere porque com alguma paciência tudo se resolverá.

Para um dono que nunca tenha treinado um cachorro, pode parecer que a tarefa vai ser fácil ou que o animal não precisa de treino nenhum.

É obvio que isto não corresponde à verdade, especialmente se se trata de um animal que nunca tenha vivido em casa.
E o que pode acontecer? Muitas vezes quando o dono leva o cão a passear para ele fazer as suas necessidades, ele limita-se a fazer umas pinguinhas aqui e ali. Logo que regressa a casa parece descarregar tudo de uma vez! Porque é que eles se comportam desta forma?
Geralmente não é aconselhável que regresse a casa logo que o seu animal tenha feito as suas necessidades. Se o seu cão gosta de passear (e qual é que não gosta?) pode interpretar o regresso a casa como um castigo. Assim vai tentar atrasar ao máximo o regresso, urinando umas pingas aqui e ali. Quando ele tiver feito as suas necessidades continue o passeio durante mais algum tempo. Desta forma ele já não vai associar o acto ao regresso a casa. A associação negativa deixa de existir.
Tempo e paciência Tal qual os bebés humanos, os cachorros bebés não entendem a diferença entre "fazer" dentro de casa ou for a. Trata-se de uma acção involuntária natural com a qual nunca se tiveram de preocupar. Por isso quando lhe faltar a paciência, tente colocar-se na pele do seu cachorro e imagine como ele deve sentir-se confuso. Lembre-se que o seu cão, apesar de todas as suas virtudes, não pode sempre fazer exactamente o que o dono quer. Nunca deve bater-lhe ou esfregar-lhe o focinho na porcaria para o "ensinar". Para além de ser cruel só vai assustá-lo e ensina-lo a ter medo de pessoas.
Por vezes, por ansiedade ou porque se assustou, ele poderá descuidar-se. Acontece aos melhores! Tente sempre utilizar a técnica da associação positiva e felicitar o seu cão (dando-lhe um biscoito, etc) quando ele faz as necessidades onde é suposto. Não se esqueça que os cães adoram agradar ao seu dono e receber elogios dele.

Afinal, ensinar e treinar, faz parte do encanto de ter um animal de estimação. E a experiência de o fazer é sempre gratificante.


in
Arca de Noé