:: Verifique o peso do seu cão ::

Uma nutrição completa e equilibrada, dada em quantidades que mantenham a condição corporal ideal do seu cão durante a vida, pode ajudar a expandir os seus anos de saúde.


Demasiado magro:
- Costelas à mostra
- Ossos pélvico são óbvios e proeminentes
-Cintura e dobra abdominal exageradas
Cães demasiado magros podem não estar a receber a nutrição que precisam. Pode ser necessário ajustar a quantidade de comida ou exercício para atingir o equilíbrio apropriado.
Uma vez que esta condição pode ter um impacto na saúde geral do animal, é importante que consulte o seu veterinário se achar que o seu cão está demasiado magro
Dicas para os donos:
1. Siga um plano de nutrição: juntamente com o seu veterinário, crie um plano de nutrição que alimente a condição física ideal do seu cão.
2. Meça cada refeição: não adivinhe. Siga as medidas indicadas nos sacos de alimento do seu cão para que tenha a certeza que está a servir a quantidade adequada ao tamanho do animal.
3. Limite as goluseimas: encha o seu cão de amor e atenção em vez de goluseimas hiper-calóricas. Se o seu cão precisar de mais calorias, é melhor que provenham de uma alimentação nutricionalmente completa e equilibrada. Seja responsável na qualidade e quantidade de goluseimas que dá todos os dias.
4. Mexa-se: exercício diário é uma das chaves para a saúde do seu cão. Se o seu cão está demasiado magro, certifique-se que o seu cão tem energia suficiente na alimentação para aguentar o exercício que faz. Aconselhe-se com o seu veterinário antes de mudar a rotina de exercício do seu cão.

Peso ideal:
- Conseguimos sentir o contorno das costelas
- A cintura pode ser vista de cima
- A barriga está recolhida
Os cães que são alimentados de forma a manter uma forma física ideal estão na melhor posição para viver vidas mais longas e saudáveis. São mais propícios a precisar de tratamento mais tardio em certas condições de saúde, comparados com cães com excesso de peso.
É importante que tente manter o seu cão nesta condição, o que implica avaliações regulares e ajustes conforme necessário.
Dicas para os donos:
1. Tenha atenção a variações de peso: apesar de o seu cão estar actualmente numa condição idela, pode mudar. Peça ajuda ao seu veterinário para identificar sinais de variação de peso no seu cão. avalie o seu cão regularmente e faça ajustes se notar mudanças.
2. Siga um plano de nutrição: juntamente com o seu veterinário, crie um plano de nutrição que ajude a manter o seu cão na sua condição física ideal.
3. Meça cada refeição: não adivinhe. Siga as medidas indicadas nos sacos de alimento do seu cão para que tenha a certeza que está a servir a quantidade adequada ao tamanho do animal.
4. Limite as goluseimas: encha o seu cão de amor e atenção em vez de goluseimas hiper-calóricas. Seja responsável na qualidade e quantidade de goluseimas que dá todos os dias - as calorias acomulam-se rapidamente.
5. Mexa-se: exercício diário é uma das chaves para a saúde do seu cão. Andar ou brincar ao "busca" diariamente, pode ser suficiente para manter a boa forma do seu cão. Aconselhe-se com o seu veterinário antes de mudar a rotina de exercício do seu cão.

Demasiado pesado:
- Sem cintura quando visto de cima
- As costelas são difíceis de sentir
- Perda de definição da cintura
Infelizmente, é muito comum os cães terem excesso de peso. Peso em excesso não é saudável numa variedade de formas, por isso deve consultar o seu veterinário se achar que o seu cão tem excesso de peso.
Vai querer fazer ajustes para ajudar o seu cão a atingir e manter uma condição ideal.
Dicas para os donos:
1. Procure excesso de peso e obesidade: peça ao seu veterinário ajuda para reconhecer sinais de excesso de peso e obesidade no seu cão. Consulte uma tabela de raças caninas para confirmar se o seu cão está demasiado pesado, magro ou no peso ideal.
2. Siga um plano de nutrição: juntamente com o seu veterinário, crie um plano de nutrição que ajude a levar o seu cão à condição física ideal. Use uma ração para redução de peso.
3. Meça cada refeição: não encha simplesmente a taça a cada refeição. Siga as medidas indicadas nos sacos de alimento do seu cão para que tenha a certeza que está a servir a quantidade adequada ao tamanho do animal.
4. Limite as goluseimas: encha o seu cão de amor e atenção em vez de goluseimas hiper-calóricas. Seja responsável na qualidade e quantidade de goluseimas que dá todos os dias - as calorias acomulam-se rapidamente.
5. Mexa-se: exercício diário é uma das chaves para a saúde do seu cão. Andar ou brincar ao "busca" diariamente, pode ser suficiente para manter a boa forma do seu cão. Aconselhe-se com o seu veterinário antes de mudar a rotina de exercício do seu cão.

adaptado de
LongLiveYourDog.com