:: A saúde do seu gato ::

No que toca à saúde do seu gato o ideal é seleccionar um veterinário logo que receba o gato em casa. A actividade do seu veterinário começa logo a partir daí, com um exame minucioso para detecção de eventuais maleitas ou disfunções e para administrar as primeiras vacinas. Na primeira visita ao veterinário faça uma lista de todas as suas dúvidas e aconselhe-se o mais possível junto daquele profissional.
Ninguém melhor que o veterinário, pela sua formação e experiência, poderá ajudar o seu gato a crescer de forma saudável.
A melhor forma de acompanhar e detectar eventuais doenças no seu gato é saber ao certo onde e como procurá-las.
A boca é local que deve ser verificado periodicamente para avaliar e remover as formações de tártaro, retirar algum osso ou espinha que esteja encravado nos dentes. Estes problemas conduzem normalmente a infecções graves das gengivas.
No nariz poderá detectar eventuais constipações e gripes. Os sinais são o nariz húmido com corrimento. Neste caso consulte imediatamente um veterinário pois pode estar perante um caso de gripe felina. Esta doença, que pode ser fatal, pode ser causada também por uma infecção a nível pulmonar provocada por bactérias.
Diarreia, obstipação e vómitos são normalmente sinais que algo está mal a nível de intestinos e/ou estômago. Um vómito ocasional não é problema pois provavelmente o gato está só a fazer sair uma bola de pêlo. Se persistir deve contactar imediatamente o veterinário. O mesmo deve fazer se os casos de diarreia e obstipação forem persistentes e verificar que o seu gato está verdadeiramente combalido.
Os olhos e os ouvidos são outras partes do animal às quais deve estar particularmente atento. Se os olhos apresentarem mucosidade excessiva, estiverem inchados ou apresentarem uma membrana esbranquiçada, provavelmente estamos perante alguma infecção ao alergia. Como a melhor formal de ultrapassar estas maleitas é recorrendo a medicamentos oftalmológicos deverá sempre consultar o seu veterinário. Se houver algum problema nos ouvidos, como a presença de bactérias, de insectos ou feridas, o seu gato mostrará claramente como está desconfortável. Vai abanar muito a cabeça, tentar arranhar os ouvidos com as patas e perder o equilíbrio. Nestes casos consulte urgentemente o seu veterinário.

As obstruções urinárias completam o quadro dos problemas mais comuns nos gatos. Normalmente traduzem-se na dificuldade em urinar por acumulação de cristais de sal na bexiga. Isto pode ser causado por uma deficiente dieta alimentar com pouca água. No caso de o animal comer muita alimentação seca é fundamental dar-lhe bastante água para evitar este problema. O veterinário pode recorrer a alguns medicamentos para ultrapassar esta questão pelo que hesite em contactá-lo.

in
Arca de Noé